Pesquisa

Carregando...

Clique Mídia

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Quem inventou a matemática?

No decorrer dos anos, muitos dos alunos me perguntam quem inventou a matemática. Para não criar muitas expectativas, não existe uma pessoa que pode ser considerada como o autor ou criador de matemática!


A matemática é fruto da necessidade do homem em fazer cálculos, isso data do período Paleolítico, Idade da Pedra. Neste período, o homem tinha que lutar para sobreviver, sendo assim, era necessário recolher alimentos de forma quantitativa, diferenciar o tamanho de uma sardinha com de uma baleia, desenvolver instrumentos de caça e pesca que fossem mortais e fáceis de manusear. Mostra-se que a sobrevivência humana teve relação com o desenvolvimento dos primeiros conceitos matemáticos.
A ideia de números também é antiga, bem antes da escrita e do surgimento de civilizações, o homem utilizava as mãos para contar e quando não era possível, utilizavam outros meios como pedras, ossos ou riscos nas paredes.
No período Neolítico, o homem apresenta aptidões geométricos, como cozedura e pinturas da cerâmicas, o entrelaçado de juncos, a tecelagem de cestos e têxteis e a fabricação de metais levarão ao surgimento da ideia de plano de relações espaciais. As manifestações de congruência, simetria e semelhanças também são vivenciadas no homem neolítico.
Nos povos com estruturas sociais bem distantes da nossa surgem os primeiros estudos astronômicos, exemplos disso é a utilização do calendário lunar na agricultura e a utilização de constelações para guiar navegações, resultando o conhecimento de esferas, direções angulares, círculos e figuras mais complicadas.
Com o surgimento da civilização egípcia (entre 3200 a. C. e 32 a. C.), houve grandes avanços na matemática. Já que esta civilização cresceu em local desértico (no nordeste africano, as margens do rio Nilo), o rio Nilo era de extrema necessidade, pois sua água era utilizada para beber e fertilizar o solo na época de cheia. Naquele tempo, as pessoas pagavam impostos sobre as terras e as terras que eram inundadas no período da cheia do rio Nilo tinham seus impostos reduzidos, então os escribas eram enviados para recalcular os impostos devidos pelos proprietários destas terras, surgindo assim a ideia de área. Os egípcios contribuíram com grandes avanços na ciência, sendo a matemática que utilizavam para construírem pirâmides, diques, canais de irrigação e estudos astronômicos.


Entre outras civilizações que contribuíram para o avanço da matemática temos os hindus que foi uma civilização que viveu nas margens do rio Indo, onde hoje o Paquistão, e deu uma grande contribuição ao desenvolver um sistema de numeração posicional decimal, o sistema de numeração indo-arábico, que utiliza os mesmo símbolos que assume valores diferentes dependendo da posição que está localizado no número, este é o sistema utilizado atualmente no Ocidente. Os árabes eram povos mercadores e viajavam para várias regiões e cada lugar utilizavam sistemas de numerações diferente. Por acharem que o sistema de numeração dos hindus ser um sistema mais fácil de entender, de escrever e, principalmente, de calcular, levaram para várias regiões ensinando aos outros povos que aceitaram, assim, o sistema de numeração ficou conhecido como sistema de numeração Indo-arábico.
Neste artigo, vimos que a matemática surgiu conforme a necessidade das pessoas.  Exitiram outros povos que deram grandes contribuições a matemática e Existiram e existem pessoas ou grupos que dedicam muito tempo e esforço para o avanço da matemática.

Referências Bibliográficas

Barasuol, F. F. A matemática da pré-história ao antigo Egito. Unirevista. Vol 1. Nº 2. ISSN 1809-4651. Abril, 2006
A história da Matemática. Disponível em: http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2003/hm/page03.htm. Acesso em: 25/01/2010

Machado, N. J. Matemática e Realidade. Editora: Cortez, 1997